Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017. Atualizado às 17h23.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado financeiro

Alterada em 27/02 às 17h25min

Ouro fecha em leve alta impulsionado por incertezas políticas e à espera de Fed

Os preços do ouro fecharam em leve alta nesta segunda-feira (27). Os contratos futuros para abril subiram 0,04%, para US$ 1.258,80 por onça troy, na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).
O ouro se beneficiou de riscos políticos ligados às próximas eleições na França e aos esforços do Reino Unido para deixar a União Europeia, disse o Commerzbank em nota. Múltiplas expectativas sobre se o Federal Reserve vai aumentar as taxas no próximo mês também ajudaram a apoiar o ouro, disse o banco.
O mercado de ouro estará olhando adiante para o primeiro discurso do presidente dos EUA, Donald Trump, ao Congresso, na terça-feira, que deve revelar detalhes de outros planos econômicos, afirmou Carsten Menke, analista de commodities do banco Julius Baer.
"Embora reconheçamos os riscos associados a Trump para o ouro, precisamos levar em consideração que suas ações não tiveram um impacto negativo na economia e nos mercados financeiros ainda", acrescentou, observando que os mercados continuam em bases sólidas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia