Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017. Atualizado às 11h14.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

conjuntura internacional

Alterada em 27/02 às 11h18min

Encomendas de bens duráveis nos EUA sobem 1,8% em janeiro; previsão 2,0%

As encomendas de bens duráveis à indústria dos Estados Unidos avançaram 1,8% em janeiro em comparação com dezembro, segundo dados finais do Departamento do Comércio. Analistas ouvidos pelo The Wall Street Journal estimavam avanço de 2,0%. O dado de dezembro foi revisado para cima, de queda de 0,4 para -0,8%.
As encomendas no mês passado foram impulsionadas devido à aquisição de aeronaves militares e civis, ofuscando um começo fraco de 2017 para o investimento empresarial em novas máquinas e outros equipamentos.
O relatório mostrou que, ao ser excluída a volátil categoria de transportes, houve queda de 0,2% nas encomendas no período, ante alta de 0,9% em dezembro. Se excluído bens de defesa, houve avanço de 1,5% nas encomendas neste intervalo.
Ainda assim, a tendência mais ampla manteve-se positiva. O total de encomendas de bens duráveis em janeiro na comparação anual subiu 1,4% ante o ano anterior. As encomendas de bens de capital excluindo defesa avançou 2,6% em comparação com janeiro de 2016. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia