Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 21 de fevereiro de 2017. Atualizado às 16h31.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

previdência

21/02/2017 - 16h32min. Alterada em 21/02 às 16h34min

PSOL entrará com ação contra propaganda do governo sobre reforma da Previdência

O deputado Ivan Valente (PSOL-SP) disse nesta terça-feira (21) que o partido ingressará na Justiça contra a campanha do governo a favor da reforma da Previdência. O partido alegará que a propaganda é enganosa.
Segundo afirmou o parlamentar, a campanha do governo faz "terror" ao afirmar que o pagamento de benefícios no futuro está ameaçado. Outro argumento a ser levantado pelo partido é que não é verídica a informação que políticos e funcionários públicos entrarão na mesma regra de aposentadoria.
"Para os parlamentares, é só para os novos", disse. Já para os servidores as mudanças afetarão os que estão na ativa. "E para eles já houve uma reforma, em 2013", comentou.
O deputado disse também que a campanha não toca no ponto central, que é o estabelecimento de 65 anos como idade mínima para aposentadoria. A ação está sendo elaborada por advogados do partido e deverá ingressar na Justiça Federal em São Paulo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia