Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017. Atualizado às 08h09.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 20/02 às 08h12min

Bolsa de Tóquio fecha em alta marginal, sustentada por blue chips

A Bolsa de Tóquio subiu marginalmente nesta segunda-feira (20), após acumular perdas nos dois pregões anteriores, à medida que o bom desempenho de algumas blue chips se sobre sobrepôs a preocupações com as eleições na França e as políticas econômicas dos EUA.
O Nikkei teve ligeira alta de 0,09%, encerrando o dia a 19.251,08 pontos. Na semana passada, o índice que reúne as ações mais negociadas na capital japonesa acumulou desvalorização de 0,74%.
Entre blue chips que se destacaram, a fabricante de pneus Bridgestone saltou 5,4%, ao maior nível em 15 meses, depois de anunciar um programa de recompra de ações na última sexta-feira, enquanto a SoftBank avançou 3,2%, em meio a expectativas de que a operadora de telefonia móvel esteja buscando transformar seu modelo de negócios, após anunciar a aquisição do Fortress Investment Group na semana passada.
Por outro lado, papéis de seguradoras e de exportadoras decepcionaram hoje. Foi o caso da Dai-ichi Life Holdings (-0,7%) e da Renesas Electronics (-1,5%), que produz semicondutores.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia