Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017. Atualizado às 19h08.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 17/02 às 20h13min

Dólar cai frente ao iene, mas sobe ante as demais moedas

O dólar recuou frente ao iene, mas se valorizou em relação ao euro e outras divisas nesta sexta-feira (17), influenciado por preocupações sobre o ambiente político nos Estados Unidos e na Europa, onde a candidata de extrema-direita mantém a liderança nas pesquisas de intenção de voto.
Perto do horário de fechamento das bolsas, a moeda norte-americana caía a 112,92 ienes, de 113,21 ienes no final da tarde de quinta-feira. O euro cedia a US$ 1,0612, de US$ 1,0676.
Investidores continuam pesando os sinais de fortalecimento da economia nos EUA, como evidenciado pela última leva de indicadores econômicos e discursos de representantes do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), com indícios de instabilidade política na Casa Branca.
A fraqueza do dólar "pode refletir preocupações de mercado de que o presidente Donald Trump está retirando seu enfoque de medidas como a reforma tributária e a desregulação", afirmaram analistas do Scotiabank em nota.
No continente europeu, o recuo do euro acontece em meio a preocupações sobre a corrida eleitoral na França, com pesquisas de intenção de voto mantendo a candidata da extrema-direita, Marine Le Pen, na liderança. Entre suas propostas, está a saída do euro e da União Europeia.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia