Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 06 de fevereiro de 2017. Atualizado às 21h38.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

indústria

Notícia da edição impressa de 07/02/2017. Alterada em 06/02 às 22h37min

Investimento da indústria de alimentos cai por dois anos seguidos, afirma a Abia

A indústria da alimentação no Brasil teve dois anos consecutivos de queda nos investimentos. O setor encerrou 2016 com R$ 9,034 bilhões em investimentos, retração de 14,3% ante 2015, ano em que já havia ocorrido queda de 10% ante 2014.
Segundo o diretor de Economia da Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (Abia) Denis Ribeiro, o patamar de investimentos na média histórica do setor, em anos anteriores à crise, é da ordem de R$ 11,5 bilhões por ano. A queda em 2015 e 2016, diz, se justifica pelo cenário de instabilidade política e macroeconômica do Brasil, que deixou os planos de abertura de novas fábricas e ampliação de linhas "em banho-maria", disse.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia