Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 06 de fevereiro de 2017. Atualizado às 15h56.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Indústria

06/02/2017 - 16h55min. Alterada em 06/02 às 17h00min

Emplacamento de implementos rodoviários cai 26% em janeiro

Em janeiro, a indústria de implementos rodoviários ficou no vermelho, seguindo o desempenho do mercado em 2016. No primeiro mês do ano foram emplacados 3.473 implementos rodoviários, 26,31% a menos do que no mesmo período do ano passado.
Em janeiro, o segmento pesado, de reboques e semirreboques, apresentou queda de 13,66% no número de emplacamentos, para 1.467 produtos, enquanto o segmento de leves (carroceria sobre chassis) vendeu 2.006 unidades, 33,44% a menos que em janeiro de 2016.
A Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários (Anfir) está, no entanto, otimista para 2017. "Acreditamos que ao final do ano teremos registrado desempenho positivo de aproximadamente 10%", diz o presidente da Anfir, Alcides Braga, por meio de nota.
A associação cita planos do governo em realizar novos empreendimentos de infraestrutura com mais ações de investimento do BNDES, a expectativa de nova safra recorde na agricultura, e resultados dos esforços no mercado externo, a partir do projeto de exportação criado em 2016 com a Apex.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia