Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 06 de fevereiro de 2017. Atualizado às 12h41.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Indústria Automotiva

Alterada em 06/02 às 13h41min

Venda de caminhões em janeiro é a menor para o mês desde 1997, diz Anfavea

O mercado de caminhões terminou janeiro com o menor nível de vendas para o mês desde 1997, informou nesta segunda-feira (6) a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Foram 2.947 unidades emplacadas no primeiro mês de 2017, queda de 33,3% em comparação com igual mês de 2016.
Segundo Marco Saltini, vice-presidente da Anfavea responsável pela área de caminhões, sem considerar janeiro de 1997, o resultado de janeiro de 2017 seria o pior do segmento em sua história. No entanto, ele disse que o desempenho não representa a situação do mercado hoje, já que os emplacamentos de caminhões costumam demorar de dois a três meses depois que saem das fábricas.
"Os dados de janeiro refletem o que foi o mercado em outubro e novembro, que foram meses de muita incerteza no ambiente político em razão das eleições municipais", explicou Saltini. A expectativa da Anfavea para este ano é de crescimento de 6,4% nas vendas de veículos pesados (caminhões e ônibus).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia