Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 28 de fevereiro de 2017. Atualizado às 22h49.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 01/03/2017. Alterada em 28/02 às 21h16min

Internet

Minha preocupação é para que não aconteça mais como aconteceu com o Orkut, que foi desativado e levou consigo toda a história fotográfica das pessoas, endereços e contatos. Há de ter uma lei para que os "sites", ou seja lá como chamam um agregador de público com suas pessoalidades, para que, depois que entre no ar, não mais poderá sair. Pode encerrar, mas os arquivos dos coproprietários, ou seja, nós, pois não há uma ferramenta sem "nós", jamais sejam desativados. E só a nós será dado o direito de extinguir nossos posts, ou deixar armazenados pela eternidade da internet. (Osvaldo Padilha, advogado)
Amigos do Poder
Há décadas que os ministros do STF, STJ, TCU, entre outros, são escolhidos pelo poder dominante, nunca considerando o conhecimento jurídico, como tampouco a probidade do candidato. Quanto à sabatina efetuada pelo Senado, não passa de uma farsa, porque todos são aprovados. Aproveitando o assunto: o palhaço Tiririca, deputado federal, reeleito com expressiva votação, não está envolvido em nenhuma falcatrua, é o candidato em potencial para ocupar uma vaga em qualquer um desses tribunais mencionados. (Gentil Pazzini, Porto Alegre)
Besteiras
Hoje em dia, o que mais se lê nas tais de "redes sociais" são besteiras, versões absolutamente falsas sobre o que está ocorrendo no País. Piorando, temos programas e matérias em jornais, rádios e TVs que beiram à burrice aguda. Alguns, na TV, estão no ar há mais de uma década, emburrecendo o Brasil. (Flávio Marisol, Canoas/RS)
EPTC
Tem que aumentar o tempo da sinaleira na esquina da Paulino Teixeira com a Protásio Alves. Pelo menos, para 20 segundos, pois julgo que hoje é de 15 segundos. Com a volta das aulas nos colégios/faculdade no entorno, Americano, IPA e uma escola infantil, leva-se até 10 minutos para se conseguir acessar a Protásio Alves via Paulino Teixeira. (Neide Amaral)
Ônibus, tarifas e paralisações
Sempre que se fala em reajuste das tarifas de ônibus, há movimento de motoristas e cobradores com paralisações pedindo reajustes. É muita coincidência ou isso faz parte do "jogo democrático" todo início de ano? (Nélio Camboim, Porto Alegre)
Obsessão
Virou obsessão total ficar dedilhando os tais de telefones inteligentes. É um tal de ler, receber, enviar e ficar anotando besteiras que não acaba mais. Em todos os lugares, as pessoas ficam grudadas nos seus celulares. Por quê? Para quê? Isso virou doença psíquica. Conversem mais, diretamente, com as pessoas e olhem menos os aparelhinhos! (Paulo de Tarso Monteiro, Porto Alegre)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia