Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017. Atualizado às 23h46.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Affonso Ritter

Observador

Notícia da edição impressa de 24/02/2017. Alterada em 23/02 às 23h41min

Andrade Gutierrez e Brio

Circula no mercado que a Andrade Gutierrez está de malas prontas para deixar a parceria com o BTG Pactual, na Brio, empresa gestora do estádio Beiro-Rio. A Brio não confirma, aliás, diz desconhecer, mas a possibilidade é bem real. Todas as empreiteiras que construíram estádios em associação com clubes de futebol ou com governos, às vésperas da Copa do Mundo de 2014, são investigadas na Lava Jato e precisam se desfazer de ativos para devolver dinheiro à União e à Petrobras em futuros acordos de leniência. Afora isso, o core business da Andrade Gutierrez é a construção civil e não a gestão de estádios de futebol.
Estádios da Copa 2014 I
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia