Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 07 de fevereiro de 2017. Atualizado às 21h43.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Fernando Albrecht

Começo de Conversa

Notícia da edição impressa de 08/02/2017. Alterada em 07/02 às 20h26min

Novo beato

ACERVO IRMÃS MURIALDINAS/DIVULGAÇÃO/JC
O Estado tem um novo beato. É o padre João Schiavo (1903-1967), que teve forte atuação na colônia italiana, especialmente em Caxias do Sul e Ana Recha. O processo de beatificação foi rápido - iniciou-se em 2001. O sacerdote, da Congregação dos Josefinos de Murialdo, nasceu na Itália. O Vaticano confirmou a beatificação para o dia 27 de outubro, em Caxias do Sul.

Ente o mar e o rochedo

A mais nova bronca na TV por assinatura é a saída de todos os canais da Fox da grade da Sky. Ambos os lados falam em intransigência nas negociações. A Fox quer majorar os já salgados preços cobrados, enquanto a Sky afirma que os assinantes não podem ter mais esse custo. Enquanto eles brigam, a clássica pergunta: e os assinantes como ficam? 

Filme velho e triste

É completamente anormal que um país tenha nas manchetes ou pelo menos nas chamadas de capa o mesmo assunto durante mais de dois anos. E deve levar pelo menos mais dois anos. Como é que as pessoas físicas e jurídicas deste país podem levar o dia a dia com um mínimo de normalidade? Não podem. Não levam.

Alerta inútil

Moradores da rua Ludolfo Boehl, bairro Teresópolis, vêm alertando a Smam há três anos de que uma área de mata ciliar, nos fundos do número 756, foi invadida, provocando grande desmatamento. Na época, havia umas poucas casas. Agora, há quase 100. E como a área é grande, temem que o desmatamento prossiga sem controle.

Perigo da mochila I

Os portugueses estão alarmados com duas coisas: a obesidade infantil e, mais recentemente, com o sobrepeso que as crianças colocam nas mochilas. O canal de televisão SIC mostrou em longa reportagem o perigo que representa para a criançada, especialmente para os escolares. Segundo a OMS, o peso total da mochila não pode ultrapassar 10% do peso da criança.

Perigo na mochila II

Nada disso é novidade por aqui. A obesidade infantil até parece ser pior - é a velha história de entupir os filhos com porcarias, como se diz. Quanto às mochilas, também nada de novo no front. É observar crianças e adolescentes encurvados quando caminham, obviamente derivado de má postura e ou mochilas pesadas demais. E tem pai que é cego.

O mapa dos assaltos

A área de inteligência da Brigada Militar tem mapeados se não todas, mas pelo menos a maioria e as mais perigosas gangues ou quadrilhas com expertise em assaltos e arrastões. O mapeamento desce até a detalhes como o horário ou os horários em que atuam, área de atuação e outros detalhes. Mas cadê o efetivo para combatê-los?

Por falar em mapeamento...

...dá-se o mesmo com as famosas radiografias dos nossos problemas econômicos e sociais. São tantas que, se físicas fossem, as radiografias encheriam uma Arena ou um Beira-Rio e quem sabe até os dois juntos. Muito bem, radiografados e diagnosticados estamos, de cima a baixo e de trás para a frente. Bom, e daí? Onde estão os cirurgiões?

Desvio de função

O dinheiro deve estar muito curto mesmo. O ônibus de turismo da prefeitura foi flagrado na manhã do dia 6 passado na rua Ramiro Barcelos, quase Cristóvão Colombo, mas não levando turistas. Em riba do possante estavam funcionários com a camiseta da Smam e motosserras, certamente em um serviço de remoção de galhos ou de poda. É o clássico dois em um.

Comício à indiana

pg3 eleições na Índia
Supporters of Uttar Pradesh state Chief Minister Akhilesh Yadav climb attend his public rally at Sardhana in Meerut district on February 7, 2017.
Elections in northern Uttar Pradesh begin on February 11, voting is divided into seven phases. Results will be declared on March 11. / AFP PHOTO / CHANDAN KHANNA
      Caption

CHANDAN KHANNA/AFP/JC
As eleições na Índia começam sábado próximo. A votação é dividida em sete fases e os resultados finais serão conhecidos só um mês depois, 11 de março. Este - comício? - em Uttar Pradesh, no Norte do país, mostra uma aglomeração que, levando em conta a população de mais de 1,3 bilhão de habitantes, é uma roda de papo.
 

Miúidas

  • COMERCIANTES dos shoppings seguem dizendo que as coisas melhoraram, mas nada de entusiasmar.
  • AUMENTO do movimento nas ruas, bares e restaurantes mostra que janeiro foi mesmo o mês forte do veraneio.
  • ANTES raridade, assaltos a lojas de shoppings são cada vez mais frequentes. Idem nos supermercados.
  • QUEM ganha o mundo primeiro, o crime ou o terrorismo?
  • ADMINISTRAÇÃO Marchezan está com o conceito de informação chamado de comunicação seletiva.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia