Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 01 de março de 2017. Atualizado às 20h22.

Jornal do Comércio

JC Logística

COMENTAR | CORRIGIR

Petróleo

Notícia da edição impressa de 02/03/2017. Alterada em 01/03 às 19h34min

Petroleiros vão à Justiça contra a venda de área do pré-sal para a Statoil

Carcará foi o primeiro campo vendido pela Petrobras no plano de desinvestimento

Carcará foi o primeiro campo vendido pela Petrobras no plano de desinvestimento


AG/DIVULGAÇÃO/JC
A Federação Única dos Petroleiros (FUP) pediu na Justiça a suspensão da venda da área de Carcará, da Petrobras, à companhia norueguesa Statoil. O negócio foi fechado em julho por US$ 2,5 bilhões.
A ação joga ainda mais incertezas sobre o plano de desinvestimento da Petrobras, iniciado em 2015, e hoje com cinco operações suspensas pela Justiça de Sergipe, além de questionamentos no TCU (Tribunal de Contas da União).
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia