Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 01 de março de 2017. Atualizado às 20h25.

Jornal do Comércio

JC Logística

COMENTAR | CORRIGIR

Aviação

Notícia da edição impressa de 02/03/2017. Alterada em 01/03 às 19h31min

Governo cobra conta de R$ 1 bi de donos do Galeão

Rio Galeão ganhou mais prazo para o pagamento da outorga em 2016, mas quitou apenas parte da dívida

Rio Galeão ganhou mais prazo para o pagamento da outorga em 2016, mas quitou apenas parte da dívida


T/ABR/JC
A concessionária Rio Galeão, que administra o aeroporto internacional do Rio de Janeiro, tem até o dia 7 de abril para pagar quase R$ 1 bilhão que deve ao governo federal. Caso não faça o pagamento, o governo promete acionar o seguro previsto no contrato de concessão para receber uma parte da dívida. Outra consequência pode ser o início do processo para a extinção do contrato.
A Rio Galeão tem como sócios a Odebrecht Transport, a empresa operadora de aeroportos de Cingapura Changi, e a estatal brasileira Infraero. A Odebrecht e a Changi venceram a disputa pelo aeroporto em um leilão em 2013 oferecendo R$ 19 bilhões como outorga, espécie de aluguel pela administração do aeroporto durante os 25 anos estipulados no contrato.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia