Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 28 de fevereiro de 2017. Atualizado às 21h38.

Jornal do Comércio

JC Contabilidade

COMENTAR | CORRIGIR

Regularização

Notícia da edição impressa de 01/03/2017. Alterada em 28/02 às 21h39min

Parcelamento especial do Simples Nacional tem prazo até 10 de março

Micro e pequenos empresários têm até o dia 10 de março para aderirem ao parcelamento especial dos débitos do Simples Nacional vencidos até a competência maio/2016. O vice-presidente Técnico do Conselho Regional de Contabilidade (CRCRS), contador Márcio Schuch Silveira, explica que o parcelamento em até 120 parcelas mensais e sucessivas de débitos apurados na forma do Simples Nacional, mesmo que a empresa não seja mais optante, aplica-se aos créditos constituídos ou não, com exigibilidade suspensa ou não, parcelados ou não e inscritos ou não em dívida ativado respectivo ente federativo, mesmo em fase de execução final já ajuizada.
Débitos a partir de julho de 2016 não poderão ser incluídos nesse parcelamento, "mas poderão ser financiados por meio do parcelamento convencional, que vai permanecer nos moldes atuais", esclarece Silveira. A opção pelo parcelamento é uma alternativa importante para que as empresas em dificuldades se mantenham dentro da regularidade no Simples Nacional, e não enfrentem dificuldades de operação, comenta o contador.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia