Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 25 de janeiro de 2017. Atualizado às 23h00.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Lava Jato

Notícia da edição impressa de 26/01/2017. Alterada em 25/01 às 21h13min

Executivos da Odebrecht devem confirmar delações

A pedido da PGR, Cármen Lúcia deu sinal verde para continuar processo

A pedido da PGR, Cármen Lúcia deu sinal verde para continuar processo


SCO/STF/JC
Os 77 executivos do Grupo Odebrecht começaram a desembarcar nesta quarta-feira em Brasília para a última etapa da homologação da "delação do fim do mundo" na Operação Lava Jato.
Na terça-feira, a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), a ministra Carmém Lúcia, deu sinal verde aos assessores do ministro Teori Zavascki, morto em um acidente de avião em Paraty (RJ) na semana passada, para continuar o processo da colaboração. Dois advogados, que participam diretamente da negociação confirmaram que os seus clientes foram convocados para confirmar o acordo.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia