Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h48.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Câmara dos Vereadores

Notícia da edição impressa de 24/01/2017. Alterada em 23/01 às 21h29min

Robaina pede CPI sobre irregularidades no DEP

Carlos Villela, especial para o JC
O vereador Roberto Robaina (PSOL) apresentou ontem um requerimento para a elaboração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar denúncias de corrupção no Departamento de Esgotos Pluviais (DEP). Ele quer colocar o requerimento em pauta na primeira sessão após o fim do recesso, no dia 1 de fevereiro. Precisando de 12 assinaturas para a criação da CPI, Robaina diz contar com a aprovação dos sete vereadores de oposição ao prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB), e espera encontrar apoio de, no mínimo, cinco dos 19 vereadores da bancada independente na Câmara. Contudo, aguarda ainda um posicionamento da administração municipal. "Eu não quero partir da ideia de que vamos ter que lutar por 12 votos, quero partir da ideia de que é uma necessidade, e que o governo possa mostrar a que veio." O pedido de CPI, segundo Robaina, é consequência de uma série de escândalos nos últimos meses envolvendo o DEP. A Operação Tormenta, da Polícia Civil, investiga fraudes nos contratos com empresas prestadoras de serviço de hidrojateamento das redes pluviais para o órgão.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia