Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 01 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h54.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

municípios

Notícia da edição impressa de 02/01/2017. Alterada em 01/01 às 22h56min

Crivella defende corte de gastos e cita Edir Macedo no Rio de Janeiro

Marcelo Crivella agradeceu os votos da comunidade evangélica do Rio

Marcelo Crivella agradeceu os votos da comunidade evangélica do Rio


Fernando Frazão/ABR/JC
O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), tomou posse do cargo, na tarde de ontem, determinando corte de gastos e cargos comissionados na estrutura municipal. Em seu discurso, agradeceu o eleitorado evangélico por sua vitória e citou o tio, bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal.
Crivella impôs como meta, em edição extra do "Diário Oficial", a redução de 50% no gasto com cargos comissionados (CCs)e de 25% nos contratos em vigor. O novo prefeito também criou um grupo para identificar casos de supersalários no município.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia