Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 30 de janeiro de 2017. Atualizado às 15h45.

Jornal do Comércio

Opinião

CORRIGIR

Artigo

Notícia da edição impressa de 30/01/2017. Alterada em 29/01 às 22h37min

Os 25 anos de cirurgia videolaparoscópica

Plínio Carlos Baú
No início da década de 1990, o mundo médico assistia ao surgimento da videocirurgia, técnica minimamente invasiva que logo seria adotada como padrão ouro para a realização de várias cirurgias em diversas especialidades. A videocirurgia, diferente da maioria dos avanços científicos e tecnológicos do nosso tempo, nasceu fora das universidades.
Foi num hospital geral de Lyon, na França, que Jacques Perissat desenvolveu a técnica introduzida em nosso Estado no ano de 1991. A Faculdade de Medicina da Pucrs tornou-se a primeira instituição acadêmica do País a inserir o ensino do novo método, inicialmente nos programas de Pós-Graduação e Residência Médica, e depois no currículo da graduação. Também na Pucrs, naquele ano, foi realizada uma pesquisa analisando a nova técnica, trabalho este que se constitui na primeira série brasileira publicada no exterior, apresentada no Congresso da Sociedade Europeia de Cirurgia de 1992. Neste momento em que lembramos os 25 anos do início desta fascinante jornada em nosso hospital, e com um número de cirurgias realizadas já ultrapassando 20 mil, é justo lembrar alguns nomes que colaboraram para que a videolaparoscopia se consolidasse, como o saudoso irmão Norberto Francisco Rauch, na época reitor da universidade, e o professor José Antonio de Figueiredo Pinto, na época diretor clínico do Hospital São Lucas da Pucrs.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia