Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 28 de janeiro de 2017. Atualizado às 12h25.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

relações internacionais

Alterada em 28/01 às 13h27min

Hollande pede união da Europa contra populismo e firmeza no diálogo com Trump

O presidente da França, François Hollande, pediu neste sábado que a Europa se apresente como uma frente unida contra movimentos populistas que, segundo ele, têm sido encorajados pelos acontecimentos políticos nos Estados Unidos. Hollande disse que a Europa enfrenta um momento crucial e precisa resistir aos pedidos para que negue as mudanças climáticas ou impeça a entrada de refugiados.
O presidente francês falou no intervalo de uma reunião informal em Lisboa com seis outros líderes da União Europeia. Segundo Hollande, os países da UE precisam se aferrar a seus princípios e defender seus interesses.
O presidente da França afirmou ainda que a UE deve ser firme em suas conversas com o presidente dos EUA, Donald Trump.
As conversas realizadas na capital portuguesa incluem os líderes de França, Itália, Espanha, Grécia, Chipre, Malta e do país anfitrião. As lideranças buscam dialogar sobre cooperação para a segurança na fronteira e os esforços para combater o terrorismo. Além disso, buscam avaliar maneiras de fomentar o crescimento econômico e coordenar suas economias, todas da zona do euro.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia