Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h13.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

conjuntura internacional

Alterada em 23/01 às 22h15min

Presidente francês declara apoio ao processo de paz na Colômbia

O presidente da França, François Hollande, confirmou nessa segunda-feira (23), seu apoio ao processo de paz na Colômbia, na primeira visita oficial de um chefe de Estado francês ao país em 28 anos. "Sempre há incerteza em um processo como este, sempre há riscos, sempre há dúvidas. Mas o que tem que fazer a França e a comunidade internacional é estar presente no momento oportuno", afirmou Hollande. "E o momento crucial é agora."
Hollande falou após reunião com o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, na Casa de Nariño, sede da presidência, durante uma visita oficial de dois dias. Os governos de França e Colômbia fecharam vários acordos para reforçar a cooperação e o comércio bilateral, entre os quais se destaca um documento sobre aportes da Agência Francesa de Desenvolvimento para o momento posterior ao conflito com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).
O líder francês considerou o acordo colombiano com as Farc "um exemplo para o mundo". Ele mostrou, porém, preocupação especial com os desaparecidos, que são dezenas de milhares, e também pelos menores transformados em soldados rebeldes no conflito. O conflito já durou meio século e deixou 260 mil mortos, além de milhões de pessoas que tiveram de fugir de suas casas. 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia