Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h48.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Venezuela

Notícia da edição impressa de 24/01/2017. Alterada em 23/01 às 20h59min

Oposição realiza ato para pedir eleições regionais

Milhares de pessoas saíram às ruas da capital da Venezuela ontem para pressionar pela realização de eleições regionais este ano. Empunhando cartazes com os dizeres "Temos fome, queremos votar", os manifestantes pretendiam fazer passeata até o prédio do Conselho Nacional Eleitoral, no Centro de Caracas.
O processo eleitoral está paralisado desde outubro, quando foi criada uma mesa de diálogo entre governo e oposição após a suspensão do referendo que pretendia cassar o mandato do presidente Nicolás Maduro. Desde então, o grupo tem vivido um impasse em meio a acusações mútuas de sabotagem. As autoridades eleitorais se comprometeram a definir, na primeira metade deste ano, a data para as eleições locais e regionais, mas, até o momento, não houve nenhum anúncio.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia