Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h48.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Estados Unidos

Notícia da edição impressa de 24/01/2017. Alterada em 23/01 às 20h59min

Trump deverá ser processado por violar a Constituição

Uma equipe de proeminentes juristas e ex-advogados da Casa Branca pretendia ontem entrar com uma ação contra o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de acordo com relatos da imprensa norte-americana. Os autores do processo argumentam que o presidente viola a Constituição ao aceitar pagamentos de governos estrangeiros em seus hotéis e em outras operações de seu conglomerado empresarial.
A ação não buscará compensação financeira e pedirá a uma corte federal de Nova Iorque que determine a suspensão dos pagamentos feitos a Trump por entidades ligadas a governos estrangeiros.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia