Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 22 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h13.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Venezuela

Alterada em 22/01 às 22h14min

Venezuela pede que Trump anule decreto que considera país uma ameaça

Agência Brasil
A Venezuela pediu ao novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que anule o decreto assinado por seu antecessor, Barack Obama, que considera o país sul-americano uma ameaça à sua segurança, disse a ministra das relações exteriores venezuelana, Delcy Rodríguez, em entrevista à TV exibida neste domingo (22). 
"A Venezuela pede permanentemente que esta ordem executiva seja anulada e esperamos que o presidente Trump não siga pelo caminho da obsessão e irracionalidade", declarou Delcy ao canal privado Televen.
Delcy acusou Obama de ter tido uma "obsessão irracional" pelo governo venezuelano e disse estar "na expectativa" em relação a Trump, defendendo o estabelecimento de "relações respeitosas".
Washington e Caracas estão sem embaixadores nas duas capitais desde 2010. A tensão se aprofundou em 2015, depois que Obama emitiu um decreto que considera a Venezuela uma "ameaça incomum e extraordinária" à segurança de seu país.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia