Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 20 de janeiro de 2017. Atualizado às 13h33.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

estados unidos

20/01/2017 - 14h24min. Alterada em 20/01 às 14h36min

Obama e Trump deixam a Casa Branca e seguem para cerimônia de posse no Capitólio

O presidente dos EUA, Barack Obama, e a primeira-dama, Michelle Obama, deixaram a Casa Branca, em Washington (DC), juntamente com Donald Trump e sua esposa, Melania Trump.

O presidente dos EUA, Barack Obama, e a primeira-dama, Michelle Obama, deixaram a Casa Branca, em Washington (DC), juntamente com Donald Trump e sua esposa, Melania Trump.


JIM WATSON /AFP/JC
O presidente dos EUA, Barack Obama, e a primeira-dama, Michelle Obama, deixaram a pouco a Casa Branca, em Washington (DC), juntamente com Donald Trump e sua esposa, Melania Trump.
As duas famílias deixaram a Casa Branca às 10h50min no horário local, (13h50, de Brasília) e seguiram para o Capitólio para a cerimônia de posse do presidente eleito.
Os primeiros discursos do dia começam às 11h30min (14h30min de Brasília), que incluem orações e leituras de religiosos. Em seguida, o vice-presidente, Mike Pence, fará seu juramento, diante do juiz da Suprema Corte, Clarence Thomas.
O juramento de Trump será às 12h (15h de Brasília) e será feito diante do presidente da Suprema Corte, John Roberts. Em seguida ocorre o esperado primeiro discurso de Trump, que segundo seus assessores será mais curto que o dos presidentes anteriores. Esses discursos costumam durar, no máximo, 20 minutos. A cerimônia de posse está prevista para acabar às 15h30min (de Brasília).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia