Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 18 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h29.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Venezuela

Notícia da edição impressa de 19/01/2017. Alterada em 18/01 às 20h31min

Maduro convoca 'patriotas' para combater o crime

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou a convocação de civis para combater a crescente criminalidade no país, entregando aos chamados "patriotas cooperantes" funções de segurança e inteligência. Ele relançou as Operações de Libertação do Povo (OLPs), manobras militares e policiais contra a criminalidade que, em 2015, foram alvo de denúncias de violações dos direitos humanos, com outra nomenclatura.
"Convoco todo o nosso povo, com toda a força do Estado venezuelano, para a ação", afirmou o presidente em rede nacional de rádio e televisão. Ele destacou que os civis agirão por intermédio de uma "polícia comunitária" e de um "sistema de inteligência popular", sem dar detalhes sobre a estrutura das duas organizações.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia