Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 17 de janeiro de 2017. Atualizado às 18h43.

Jornal do Comércio

Internacional

COMENTAR | CORRIGIR

Síria

Alterada em 17/01 às 19h46min

Rússia quer governo Trump nas negociações de paz sobre a Síria

O ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, afirmou que o governo do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, deve ser convidado para participar das negociações de paz sobre a Síria, no dia 23 de janeiro.
Lavror disse que espera que as negociações, que devem ocorrer em Astana, no Casaquistão, serão mais produtivas com o governo de Trump do que foram com o presidente Barack Obama.
"É totalmente possível traze um pouco de novos ares para as conversações, levando em conta que o novo governo norte-americano diz que pretende lutar contra o terrorismo com força total, diferente da administração anterior", disse Lavrov para repórteres.
As negociações de paz sobre a Síria foram pausadas nos últimos meses, à medida que autoridades dos EUA se viram deixadas de lado pela Rússia, que ajudou as forças sírias do presidente Bashar al-Assad a reconquistar a cidade de Aleppo. Fonte: Dow Jones Newswires.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia