Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 26 de janeiro de 2017. Atualizado às 17h30.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Saúde

Alterada em 26/01 às 18h32min

Suspeita de chikungunya motiva aplicação de inseticida em dois bairros de Porto Alegre

Para combater mosquitos, PMPA irá aplicar inseticida em dois pontos da capital nesta sexta

Para combater mosquitos, PMPA irá aplicar inseticida em dois pontos da capital nesta sexta


FLAVIA DE QUADROS/ARQUIVO/JC
A Prefeitura Municipal de Porto Alegre (PMPA) divulgou nesta quinta-feira (26), em seu site oficial, que recebeu notificações sobre suspeita de chikungunya na capital gaúcha. O alarme enviado à Secretaria Municipal de Saúde diz respeito a um paciente com histórico de viagem recente ao estado do Rio Grande do Norte, e outro vindo de Santa Catarina.
Diante da situação, a PMPA se motivou a realizar aplicação de inseticida em dois pontos da cidade, próximo de onde residem os suspeitos da doença. A atividade ocorrerá pela manhã desta sexta-feira (27). O bairro Jardim Botânico será o primeiro a receber a medida, às 9h30min; enquanto às 10h30min, a Vila Ipiranga será contemplada. 
O raio da aplicação será de 50 metros a partir do local de hospedagem dos pacientes, com intenção de matar mosquitos adultos que estejam neste perímetro. Esta é uma distância padrão para quando são identificadas suspeitas de chikungunya ou zika vírus. 
Confira abaixo o local exato que receberá a aplicação
  • Jardim Botânico - quarteirão formado pelas ruas Itaboraí, Isidoro Tressi, Dona Inocência e Travessa Vileta
  • Vila Ipiranga - quarteirão formado pelas ruas das Caravelas, Brasília, Bispo Sardinha e Frei Henrique de Coimbra.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia