Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 25 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h05.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Gente

Alterada em 25/01 às 22h07min

Missa de sétimo dia de Teori Zavascki reúne família e juristas em Porto Alegre

Agência Brasil
A missa de sétimo dia do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki reuniu hoje (25) em Porto Alegre a família, amigos e juízes e desembargadores que trabalharam com o magistrado. A homenagem ocorreu na Paróquia Nossa Senhora de Mont'Serrat, na zona norte da capital gaúcha.
Teori morreu na última quinta-feira (19) em um acidente aéreo em Paraty (RJ). No fim da celebração, a filha do ministro, Liliana Zavascki, dedicou uma mensagem emocionada ao pai. "Deus te quer de volta lá em cima e é difícil entender que tenha sido neste momento tão importante da tua vida. Eu queria que Ele tivesse te emprestado um pouco mais. Se eu pudesse te escrever uma carta agora, eu diria que perde o Brasil, e ganha o céu."
Após a missa, um dos filhos de Teori, Francisco Zavascki, pediu que os detalhes da investigação do acidente sejam acompanhados, "que não reste dúvida a ninguém" sobre as causas que levaram à queda do avião que levava o ministro e mais quatro pessoas. "Seja a verdade qual for, que ela apareça", disse. Francisco voltou a dizer que, no momento, não acredita em teorias "para qualquer dos lados".
O corpo de Teori Zavascki foi enterrado no último sábado (21) em Porto Alegre. O velório, que ocorreu no plenário do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, teve a participação do presidente da República, Michel Temer, e outras autoridades.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia