Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 04 de janeiro de 2017. Atualizado às 08h05.

Jornal do Comércio

Geral

COMENTAR | CORRIGIR

Clima

04/01/2017 - 08h58min. Alterada em 04/01 às 09h07min

Temporal causa estragos e falta de energia elétrica no Estado

O forte temporal que atingiu o Rio Grande do Sul na madrugada desta quarta-feira (4) causou falta de energia elétrica e estragos em diversas cidades. De acordo com a Defesa Civil, os municípios mais afetados foram Charqueadas, Imbé, Santa Cruz do Sul e Viamão.
Em Viamão, seis casas desabaram e outras residências foram alagadas. O Corpo de Bombeiros trabalha para socorrer as famílias no local.
Em Charqueadas e Imbé o vento causou destelhamento de residências e queda de postes, o que gerou falta de luz nas cidades. Já em Santa Cruz do Sul, diversas vias ficaram alagadas e também houve destelhamento de casas.

Falta de luz

Durante a madrugada, a Companhia Estadual de Energia Elétrica (Ceee) registrou 22 mil clientes sem energia elétrica na Região Carbonífera. As cidades com mais ocorrências são Arroio dos Ratos, Charqueadas, Butiá e Minas do Leão. Às 7h da manhã, o número caiu para 4.771 clientes sem luz.
As equipes da Ceee trabalham para normalização do fornecimento também em pontos de Viamão, Alvorada e Porto Alegre.
A Rio Grande Energia (RGE) registrou 49 mil pontos sem luz no Estado.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia