Porto Alegre, sexta-feira, 27 de janeiro de 2017. Atualizado às 13h50.

Jornal do Comércio

Galeria de imagens

Secretário de trabalho dos EUA é alvo de protestos

Escolhido de Donald Trump para assumir o Ministério do Trabalho, o empresário Andrew Puzder tem sido alvo de diversos protestos por parte de trabalhadores de várias redes de fast-food. Em Los Angeles, trabalhadores que aderiram à campanha Fight for $15, que protagoniza os protestos, pedem 15 dólares a hora, além de direitos sindicais aos funcionários das redes de lanchonetes. Puzder foi nomeado no dia 26 de janeiro e é conhecido por sua posição contrária ao aumento do salário mínimo americano e pelo pagamento de benefícios trabalhistas regulados. Em sua mais recente polêmica, ele criticou uma decisão do governo a favor de garantir o pagamento de hora extra para 4 milhões de trabalhadores assalariados. Ele ainda defende a automação na indústria do fast-food. Puzder é executivo-chefe da CKE Restaurants Holdings, controladora das redes de lanchonetes Carl’s Jr., Hardee’s, Green Burrito e Red Burrito.
 

FOTO Frederic J. BROWN /AFP/JC
27/01/2017 - 14h46min