Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 27 de janeiro de 2017. Atualizado às 01h40.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

notas

Notícia da edição impressa de 27/01/2017. Alterada em 26/01 às 20h54min

Notas

Chapecoense - O amistoso entre Brasil e Colômbia na quarta-feira ficou longe do público esperado, já que a renda será revertida para as vítimas da tragédia com o voo da LaMia. Com baixa adesão do público, a partida beneficente teve apenas 18.695 dos mais de 44 mil lugares ocupados. Mesmo com menos de R$ 1 milhão de renda líquida, o montante destinado aos parentes irá superar os R$ 5 milhões, já que as principais emissoras do País repassarão valores comerciais ao clube catarinense.
Neymar - Acusado de fraude fiscal, o atacante do Barcelona teve seu depoimento para o juiz José de la Mata divulgado nesta quinta-feira, pelo jornal El Confidencial. Nas imagens de fevereiro de 2016, o brasileiro afirma desconhecer os detalhes de sua transferência iniciada em 2011 e finalizada em 2013. A Justiça da Espanha investiga se houve sonegação fiscal na transação, utilizando empresas dos pais de Neymar.
Tênis - Mais de cinco anos depois, Roger Federer e Rafael Nadal podem voltar a decidir um Grand Slam. O suíço já fez a parte dele e está na decisão do Aberto da Austrália, depois de vencer o compatriota Stan Wawrinka em uma batalha de cinco sets, nesta quinta, com parciais de 7/5, 6/3, 1/6, 4/6 e 6/3. Nesta sexta-feira, Nadal encara o búlgaro Grigor Dimitrov.
Tênis 2 - Dona de sete títulos de Grand Slam, Venus Williams chegou a mais uma final ao vencer a norte-americana Coco Vandeweghe por 2 sets a 1, parciais de 7/6 (7/3), 6/2 e 6/3. A decisão do Aberto da Austrália será contra a irmã Serena Williams, que atropelou croata Mirjana Lucic-Baroni por 2 a 0, com 6/2 e 6/1. A final ocorre no sábado.
Judô - Três vezes medalhistas em Mundiais, Érika Miranda foi anunciada como reforço da Sogipa, de Porto Alegre, para o ciclo olímpico que vai culminar em Tóquio 2020. Leva com ela a jovem Nathália Brígida, nova titular da seleção brasileira na categoria até 48kg.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia