Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 16 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h43.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

automobilismo

Notícia da edição impressa de 17/01/2017. Alterada em 16/01 às 20h37min

Massa cancela aposentadoria e volta à Fórmula 1

Piloto havia feito sua despedida no GP do Brasil, em Interlagos

Piloto havia feito sua despedida no GP do Brasil, em Interlagos


NELSON ALMEIDA/AFP/JC
Foi uma aposentadoria relâmpago. Menos de dois meses após deixar a Fórmula 1, com direito a uma emocionante despedida no GP do Brasil, em Interlagos, o brasileiro Felipe Massa foi anunciado ontem pela Williams como piloto para 2017. Será a quarta temporada do brasileiro na escuderia. A revelação foi feita em conjunto com a saída de Valtteri Bottas, que substituirá o atual campeão Nico Rosberg na Mercedes.
A surpreendente decisão de Rosberg, que anunciou sua saída das pistas apenas cinco dias depois de ganhar o Mundial de Pilotos em 2016, levou a Mercedes a oferecer um desconto no fornecimento de motores à Williams, uma de suas clientes, como forma de convencer a escuderia rival a liberar Bottas. A Williams, porém, só aceitaria se pudesse agregar um piloto experiente no lugar do finlandês, o que levou ao convite para que Massa retornasse ao cockpit. O brasileiro vai pilotar na temporada 2017 ao lado do estreante canadense Lance Stroll, de 18 anos.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia