Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 31 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h12.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

petróleo

Alterada em 31/01 às 22h12min

Caso venda do Citepe-Suape não aconteça, unidade pode ser fechada, diz Petrobras

Em Fato Relevante sobre a Assembleia Geral Extraordinária (AGE) realizada e terça-feira (31), a Petrobras informa que, caso a venda do Complexo Citepe-Suape não seja concretizada, a companhia irá analisar a possibilidade de fechamento da unidade. Como informou mais cedo o Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, os acionistas aprovaram a venda da Liquigás para a Ultragaz, do grupo Ultrapar. A venda da Petroquímica Suape e da Citep foi retirada da pauta, já que a 2ª Vara da Justiça Federal de Sergipe concedeu liminar que suspende a operação.
Segundo a Petrobras, a geração de fluxo de caixa operacional do Complexo Citepe-Suape é negativa, "o que demanda a realização de aportes de capital periódicos", diz a estatal no documento enviado ao mercado. A companhia afirma que o fechamento da unidade reduziria a necessidade de aportes adicionais que "drenam o caixa".
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia