Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 31 de janeiro de 2017. Atualizado às 17h42.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

trabalho

Alterada em 31/01 às 18h43min

Trabalhadores fecham acordo coletivo de 2016 com a Petrobras, diz FUP

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) está reunida com representantes da Petrobras e assina o acordo coletivo relativo a 2016, segundo o presidente da entidade, José Maria Rangel. A discussão se arrastava desde setembro do ano passado. Por fim, após negociações, a estatal apresentou sua última proposta, neste mês, de reajuste retroativo de 8,57%.
A FUP representa 13 sindicatos da categoria. Outros cinco fazem parte da Federação Nacional dos Petroleiros (FNP), que decidirá no fim da tarde desta terça-feira se assinará o acordo, segundo o diretor da federação.
As duas entidades, no entanto, planejam continuar com os protestos iniciados no período de negociação do acordo trabalhista, dessa vez, por conta do programa de venda de ativos.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia