Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 26 de janeiro de 2017. Atualizado às 18h25.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Mercado Financeiro

Alterada em 26/01 às 19h27min

Bovespa sobe 0,53% em sua 4ª alta consecutiva e supera os 66 mil pontos

A Bovespa teve nesta quinta-feira (26), sua quarta sessão de alta consecutiva e atingiu novo pico no ano. O bom desempenho das ações do setor financeiro absorveu movimentos de correção em ações ligadas a commodities e o Índice Bovespa subiu 0,53%, aos 66.190,62 pontos, maior nível desde 26 de março de 2012. O volume de negócios totalizou R$ 8,9 bilhões.
O mercado brasileiro voltou do feriado dedicado a promover ajustes nos preços de algumas das blue chips, para acompanhar ganhos obtidos pelas ADRs nas bolsas de Nova Iorque na quarta-feira, quando o mercado brasileiro não operou. O motivo do otimismo nas bolsas em Wall Street era Donald Trump, que em seus primeiros atos vem cumprindo promessas de campanha.
Apesar dos avanços do petróleo e do minério, as ações da Vale e da Petrobras não sustentaram o viés de alta e cederam a correções. No caso da petrolífera, houve cautela com a proximidade da divulgação do resultado financeiro de 2016. Petrobras ON e PN tiveram perdas de 1,92% e 1,50%, respectivamente. Já Vale ON e PNA, que acumulam ganhos de mais de 30% em janeiro, recuaram 1,55% e 1,54%.
Por outro lado, um conjunto de fatores positivos alavancou as ações do setor financeiro. O Santander Brasil deu a largada para os balanços e agradou os analistas ao divulgar lucro líquido de R$ 7,337 bilhões em 2016, com alta de 10,8% sobre 2015. As units da operação brasileira do Santander terminaram o dia em alta de 2,51%. Já Banco do Brasil ON disparou 6,31%, refletindo melhora de recomendação de um banco estrangeiro. Como pano de fundo todas as ações de bancos refletem, segundo analistas, a expectativa de melhora da economia e redução da inadimplência dos correntistas. Itaú Unibanco PN (+1,35%) e Bradesco PN (+2,24%) completaram esse cenário.
Na última segunda-feira (23), o saldo dos investimentos estrangeiros na Bovespa ficou positivo em R$ 430,275 milhões. Em janeiro, o saldo acumulado é positivo em R$ 3,968 bilhões. No acumulado de janeiro, o Ibovespa tem valorização de 9,90%.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia