Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 07 de fevereiro de 2019.
Dia do Gráfico.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

gestão

25/01/2017 - 17h58min. Alterada em 25/01 às 17h58min

Representante dos empregados é reeleito para Conselho de Administração do Bndes

Estadão Conteúdo
O atual membro do conselho de administração do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes) na vaga de representante dos funcionários, William Saab, foi reeleito para o cargo, conforme resultado das eleições internas, publicado nesta quarta-feira no site da instituição de fomento na internet. Ainda cabe recurso à apuração, mas o resultado aponta que Saab venceu com 53,5% dos votos válidos.
Conforme os dados publicados no site do Bndes, 1.076 funcionários votaram, mas 1.063 votos foram considerados válidos - foram registrados oito votos em branco e cinco nulos.
Saab teve 569 votos. Rafael Costa Strauch, seu único concorrente, teve 46,5% dos votos válidos, sendo o escolhido por 494 eleitores. A campanha eleitoral ocorreu de 29 de dezembro do ano passado até o último dia 13. A votação, por via eletrônica, ficou aberta de entre os últimos dias 16 e 23.
Conselheiro desde novembro de 2013, Saab terá mais três anos no cargo, mas não poderá ser reeleito novamente. No Bndes, a vaga de representante dos empregados no conselho de administração tem mandato de três anos e permite uma reeleição.
A eleição de representantes dos trabalhadores para os conselhos de empresas estatais com mais de 200 empregados foi determinada por uma lei de 2010. As estatais precisaram alterar seus estatutos sociais para comportar a mudança. O Bndes foi uma das últimas estatais a fazer isso - a Petrobras já tem representante dos empregados desde março de 2012, enquanto Saab foi o primeiro a ocupar o cargo no banco de fomento.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários