Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 24 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h33.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Energia

Notícia da edição impressa de 25/01/2017. Alterada em 24/01 às 20h27min

Privatização de empresas da Eletrobras pode ser por blocos

As distribuidoras da Eletrobras devem ser vendidas pelo modelo que trouxer o melhor resultado para a empresa e o governo. De acordo com o secretário-executivo do Ministério de Minas e Energia, Paulo Pedrosa, a ideia é estabelecer um processo que seja bem-sucedido. Entre as possibilidades em análise, está a venda das empresas por blocos. "O processo pode prever uma vinculação entre as empresas para explorar sinergias", explicou. "Um dos objetivos é capturar o máximo de valor com esse processo."
A Eletrobras possui distribuidoras nos estados do Amazonas, Acre, Rondônia, Roraima, Alagoas e Piauí. De acordo com Pedrosa, é possível aproveitar a proximidade de regiões fronteiriças para realizar investimentos com custo mais baixo.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia