Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 19 de janeiro de 2017. Atualizado às 14h09.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Empresas

Notícia da edição impressa de 19/01/2017. Alterada em 19/01 às 15h11min

Lojas Renner aprova emissão de debêntures

Vencimento dos títulos da rede será de três anos, com 108% da taxa de Depósitos Interfinanceiros

Vencimento dos títulos da rede será de três anos, com 108% da taxa de Depósitos Interfinanceiros


MARCOS NAGELSTEIN/JC
O Conselho de Administração da Lojas Renner aprovou ontem a 7ª emissão de debêntures da companhia por meio de oferta pública com esforços restritos. O valor total da emissão é de R$ 300 milhões.
O prazo de vencimento dos títulos será de três anos, no dia 13 de fevereiro de 2020. A remuneração será correspondente a 108% da variação acumulada da taxas médias diárias dos Depósitos Interfinanceiros (DI), com pagamento semestral nos meses de agosto e fevereiro de cada ano. O valor principal das debêntures será liquidado na data de vencimento. Serão emitidos 30 mil títulos com valor unitário de R$ 10 mil.
O conselho aprovou ainda a proposta de dividendos aos acionistas, relativos ao exercício 2016, que será apresentada na Assembleia Geral Ordinária, marcada para 19 de abril. A Lojas Renner vai propor a distribuição de 40% do resultado do ano passado na forma de dividendos e Juros sobre Capital Próprio (JCP).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia