Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 16 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h39.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Conjuntura

Notícia da edição impressa de 17/01/2017. Alterada em 16/01 às 21h17min

S&P estima elevação do PIB de 0,93% em 2017 e 2% em 2018

A Standard & Poor's estima que o PIB do Brasil crescerá 0,93% este ano, com o ritmo de expansão se acelerando para 2,00% em 2018 e 2,30% em 2019. Segundo a agência de classificação de risco, a economia deve se estabilizar este ano, após dois anos de contração. "A nova administração foi capaz de aprovar uma emenda constitucional no fim de 2016 que limita o crescimento dos gastos do governo, um passo significativo em direção a controlar e eventualmente corrigir uma deterioração substancial nas finanças soberanas", diz a S&P em relatório.
A agência lembra que também foi apresentada uma proposta de reforma da Previdência, essencial para combater o déficit público. "A capacidade do governo de aprovar essa reforma pode ser afetada pelas atuais investigações sobre corrupção que já envolveram altos políticos", afirma.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia