Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 16 de janeiro de 2017. Atualizado às 21h39.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

Energia

Notícia da edição impressa de 17/01/2017. Alterada em 16/01 às 20h02min

Aneel determina que Eletrobras devolva R$ 604 mi de indenizações

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) determinou que a Eletrobras devolva R$ 604,239 milhões por conta de pagamentos indevidos de indenizações relativas à renovação das concessões do setor elétrico em 2012.
De acordo com despacho publicado no Diário Oficial de ontem, os recursos deverão ser ressarcidos às contas Reserva Global de Reversão (RGR) e Conta de Desenvolvimento Energético (CDE), e se referem a indenizações pagas em montante maior do que o devido. Os valores deverão ser atualizados desde a data de pagamento até a efetiva devolução, que deverá ser realizada em seis parcelas mensais iguais a partir de 1 de julho.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia