Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 10 de janeiro de 2017. Atualizado às 17h55.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

mercado financeiro

Alterada em 10/01 às 18h57min

Dólar fecha em leve queda à espera de Trump e decisão do BC sobre juros

O dólar afastou-se das mínimas e encerrou em leve queda frente ao real nesta terça-feira (10), em meio à cautela que precede a agenda carregada desta quarta-feira (11). Entre os principais eventos do dia, estão previstos a decisão de juros do Banco Central e a primeira entrevista coletiva do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump.
Durante grande parte do dia, entretanto, prevaleceu nas cotações domésticas a expectativa de entrada de recursos no País, reforçada pela recente captação externa da Petrobras.
O dólar à vista encerrou em queda de 0,03%, aos R$ 3,1974, próximo da máxima do dia, de R$ 3,2006 (+0,07%). Por outro lado, a mínima registrada foi de R$ 3,1822 (-0,50%) no começo da tarde, o que atraiu compras oportunísticas, apontaram profissionais de mercado. O giro totalizou US$ 1,357 bilhão.
O contrato futuro para fevereiro fechou em queda de 0,17%, aos R$ 3,2135. Na máxima, avançou aos R$ 3,2220 (+0,09) e, na mínima, tocou R$ 3,2010 (-0,56%). O volume de negócios somou US$ 8,896 bilhões.
O recuo foi direcionado pela expectativa de entrada de recursos no País. A operação bem-sucedida da petroleira brasileira, com captação de cerca de US$ 4 bilhões, deve abrir o caminho para outras operações corporativas no exterior, de acordo com especialistas de câmbio.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia