Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 08 de janeiro de 2017. Atualizado às 14h41.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

conjuntura internacional

Alterada em 08/01 às 15h44min

Indonésia planeja novas regras para relatórios de mercado feitos por bancos

A Indonésia está planejando regras mais rígidas para relatórios escritos por bancos que atuam como negociantes primários de títulos do governo. A medida foi tomada dias após o país cortar laços com o JPMorgan após um rebaixamento feito pelo banco na recomendação de investimentos sobre os ativos do país.
Funcionários do Ministério das Finanças da Indonésia disseram ao The Wall Street Journal que poderiam começar a discutir novas políticas já nesta segunda-feira para os cerca de 20 bancos que atuam como negociantes primários nos leilões de títulos do governo indonésio.
"Nosso objetivo é garantir que os bancos não divulguem relatórios desnecessários que possam desestabilizar o mercado e que diferenciem os relatórios de circulação interna com os de consumo público", disse Schneider Siahaan, diretor de estratégia do Ministério das Finanças. "Basicamente, trata-se de como minimizar o tom negativo e as repercussões negativas", afirmou.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia