Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 05 de janeiro de 2017. Atualizado às 10h56.

Jornal do Comércio

Economia

COMENTAR | CORRIGIR

tributos

Notícia da edição impressa de 04/01/2017. Alterada em 03/01 às 21h16min

Arrecadação antecipada com IPVA chega a R$ 715,4 milhões

A quitação antecipada do IPVA 2017 até segunda-feira chegou a uma arrecadação bruta de R$ 715,4 milhões para os cofres públicos do Rio Grande do Sul. No total, 983.322 veículos já estão com o imposto em dia. O pagamento do Dpvat na rede bancária já atingiu R$ 228 milhões. Metade do que o Estado arrecada com o IPVA é repassada automaticamente às prefeituras, conforme o município de licenciamento do veículo.
O IPVA pode ser pago em até três vezes, mas já com a variação da Unidade de Padrão Fiscal (UPF) para 2017, que foi atualizada em 6,58%. O proprietário do veículo precisa pagar a primeira parcela até o dia 31. As duas subsequentes serão em fevereiro (até o dia 24) e março (dia 31). Os descontos são de 3% para a primeira parcela, 2% para a segunda e 1% para a terceira.
A Receita Estadual projeta arrecadar R$ 2,619 bilhões com o IPVA 2017. Os valores do imposto tiveram uma redução média de 4,4% em relação ao calendário anterior, refletindo a queda do preço médio de mercado a partir de pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Alíquotas do IPVA no Estado

3% - Automóveis e camionetas
2% - Motocicletas
1% - Caminhões, ônibus, micro-ônibus e automóveis e camionetas para locação
Frota total do Estado: 6.372.980
Frota pagante de IPVA:
3.864.712 (61%)
Frota Isenta de IPVA:
2.508.268 (39%)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Amilcar Giacomet 05/01/2017 11h27min
Com a entrada dos recursos do IPVA, o Estado vai pagar o salário atrasado dos servidores. Se bem me lembro, não foi para isso que o imposto foi criado, mas sim para ser empregado nas rodovias. Desta forma estamos sendo tributados injustamente. Bora pra Santa Catarina.