Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de janeiro de 2017. Atualizado às 18h18.

Jornal do Comércio

Jornal da Lei

COMENTAR | CORRIGIR

Entrevista

Notícia da edição impressa de 24/01/2017. Alterada em 23/01 às 19h17min

Lei que acelerou divórcios e inventários completa dez anos

Laura Franco, especial
A Lei nº 11.441 surgiu em 2007 como forma de instituir a lavratura de divórcios, inventários e separações nos cartórios de notas. Desde então, já foram 1,5 milhão de atos lavrados. Segundo especialistas, a nova regra teve impacto direto no Judiciário e nos cofres públicos, através da desburocratização e da desjudicialização. Em entrevista ao Jornal da Lei, o tabelião diretor do Colégio Notorial Brasileiro - Seção São Paulo, Rodrigo Dantas comenta as mudanças provocadas pela lei e sua influência para os cidadãos.
Jornal da Lei - O que mudou desde o surgimento da Lei nº 11.441?
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia