Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 27 de dezembro de 2016. Atualizado às 21h49.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Governo Federal

Notícia da edição impressa de 28/12/2016. Alterada em 27/12 às 20h58min

Planalto cancela compra de alimentos para avião

Eliseu Padilha anunciou a decisão

Eliseu Padilha anunciou a decisão


Especial/JC
O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse ontem que o Palácio do Planalto decidiu cancelar o pregão eletrônico que faria para a compra de 170 itens para almoços, lanches e jantares durante as viagens do presidente Michel Temer (PMDB) em aeronaves presidenciais. Por meio de sua conta pessoal no Twitter, ele disse que o cancelamento ocorreu por "orientação presidencial".
A decisão ocorreu após a veiculação de reportagens, nesta terça-feira, com a descrição dos preços estipulados pela presidência da República como referência. Por meio de nota, a Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto informou que o presidente Michel Temer determinou a redução de preços nas licitações, com relação "ao que vinha sendo praticado anteriormente". A orientação vale para todas as aeronaves que servem ao governo.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia