Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 15 de dezembro de 2016. Atualizado às 21h55.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

operação Lava Jato

Notícia da edição impressa de 16/12/2016. Alterada em 15/12 às 21h46min

Lula controlava corrupção na Petrobras, afirma MPF

Procuradores apontam que Luiz Inácio Lula da Silva teria se beneficiado

Procuradores apontam que Luiz Inácio Lula da Silva teria se beneficiado


NELSON ALMEIDA/AFP/JC
Na denúncia apresentada na quarta-feira ao juiz federal Sérgio Moro contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e outros oito acusados, a força-tarefa da Operação Lava Jato voltou a ressaltar a posição de comando do petista no petrolão. Os procuradores do Ministério Público Federal (MPF) afirmam que o ex-presidente tinha "controle supremo" do esquema de corrupção e "dominava toda a empreiteira criminosa, com plenos poderes para decidir sobre sua prática, interrupção e circunstâncias".
Em setembro, na coletiva de imprensa em que apresentaram outra denúncia contra Lula, os procuradores haviam se referido a ele como "comandante máximo" e "grande general" do esquema de corrupção na Petrobras.
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia