Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 13 de dezembro de 2016. Atualizado às 08h20.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Conjuntura

Alterada em 13/12 às 09h21min

Maioria dos brasileiros é contra PEC do teto de gastos

O Senado deve votar nesta terça a medida em segundo turno

O Senado deve votar nesta terça a medida em segundo turno


Edilson Rodrigues/Agência Senado/JC
Pesquisa do Datafolha aponta que a maioria dos brasileiros é contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que limitará os gastos federais em áreas como saúde e educação por 20 anos. O Senado deve votar nesta terça-feira (13) a medida em segundo turno. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, 60% das pessoas se mostram contrárias à proposta, já 24% apoiam, 4% se diz indiferente e 19% afirma não saber o que responder.
Para 62%, a PEC trará mais prejuízos do que benefícios, enquanto 19% da população vê efeitos positivos em limitar gastos em áreas como saúde e educação. A oposição à proposta é maior entre jovens de 16 a 24 anos, que chega a 65%, e entre os mais escolarizados (com Nível Superior) a rejeição é de 68%, enquanto 51% das pessoas com apenas Ensino Fundamental apoiam a aprovação.
Quando o quesito é renda, as faixas com ganhos mais baixos mostram maior reprovação à medida. Segundo o Datafolha, 60% das pessoas que recebem até R$ 1.670,00 não querem o teto, e 62% da faixa com dois a cinco salários mínimos (R$ 4.400,00) também é contrária. A pesquisa ouviu 2.828 pessoas entre 7 e 8 de dezembro em todo o País.     
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia