Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 13 de dezembro de 2016. Atualizado às 06h59.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Assembleia Legislativa

Notícia da edição impressa de 13/12/2016. Alterada em 13/12 às 08h05min

Colégio de líderes discute votação do pacote para esta quinta-feira

Reunidos na noite de ontem, os partidos da base do governo de José Ivo Sartori (PMDB) na Assembleia Legislativa acordaram a publicação, no Diário Oficial de hoje, das matérias que integram o pacote de medidas de austeridade e reestruturação do Estado.
Segundo o líder do governo, deputado Gabriel Souza (PMDB), a publicação torna os projetos aptos a serem votados já na próxima quinta-feira. Porém o Colégio de Líderes precisa de um novo acordo para que a votação ocorra já no dia 15 de dezembro. Como os projetos do pacote foram encaminhados em regime de urgência, eles precisam ser votados até o fim do ano, seja nas sessões ordinárias, que se encerram na quinta-feira 22 de dezembro, ou em caráter extraordinário.
Ontem, no abraço à sede da TVE e FM Cultura, o deputado estadual Pedro Ruas (PSOL) pediu aos manifestantes que "ocupem as galerias" para pressionar os parlamentares.
Entre as 28 matérias aptas a serem votadas hoje, há uma que deve gerar polêmica: o texto de Elton Weber (PSB), que garante posse de terras para pequenos agricultores, impedindo a demarcação de reservas indígenas sobre essas propriedades.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia