Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 08 de dezembro de 2016. Atualizado às 00h33.

Jornal do Comércio

Política

COMENTAR | CORRIGIR

Assembleia Legislativa

Notícia da edição impressa de 08/12/2016. Alterada em 07/12 às 21h05min

Assembleia Legislativa recebe repórter mantido em cárcere

A Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa (AL) recebeu, na manhã de ontem, o jornalista Luiz Antonio Barbará, da TV Record, que foi mantido em cárcere privado enquanto realizava reportagem em Sapiranga. O jornalista apurava denúncia sobre irregularidades no trabalho de presos em regime semiaberto, quando o proprietário do local, acompanhado por seguranças, trancou as portas da empresa e recolheu a câmera da emissora. Por cerca de 45 minutos, Barbará e o cinegrafista Gilberto Alves ficaram presos. A Brigada Militar chegou a ser acionada pela emissora, entretanto a situação não foi atendida pelo delegado local.
 
CONTINUE LENDO ESTA NOTÍCIA EM NOSSA EDIÇÃO PARA FOLHEAR
CLIQUE AQUI PARA ACESSAR
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia