Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 10 de dezembro de 2016. Atualizado às 16h09.

Jornal do Comércio

Colunas

COMENTAR | CORRIGIR
Roberto Brenol Andrade

Palavra do Leitor

Notícia da edição impressa de 09/12/2016. Alterada em 09/12 às 13h18min

Privatização da CEEE

Em relação à matéria Senergisul frisa que passivo dificulta venda da CEEE (Jornal do Comércio, 30/11/2016), houve um erro absurdo na privatização de 2/3 da CEEE na década de 1990. E quando houve a privatização de 80% da Eletrosul, a compradora levou todo o passivo trabalhista. Os 20% que sobraram com o governo ficaram sem este ônus. Entregar patrimônio e ainda arcar com a dívida é um negócio perde-perde. (Fabrício Barcellos Aguirre, Florianópolis/SC)
Grilagem
Cumprimento o Jornal do Comércio pela coragem em publicar a matéria que envolve o ministro da Casa Civil do governo federal, o gaúcho Eliseu Padilha (PMDB) na edição de 08/12/2016, sobre grilagem nas praias gaúchas. Como advogado há 50 anos, tenho conhecimento de outros fatos de grilagem, pois inclusive fui procurado para defender vítimas. (Irani Mariani, advogado)
Renan
Para azar de Renan Calheiros (PMDB-AL), presidente do Senado, o pedido de liminar para afastá-lo do cargo veio um dia após fortes manifestações no País, no domingo, as quais pediram a sua renúncia, por ilicitudes. Aí, não tinha como negar, pela pressão popular e o requisito legal. (Marcos Vieira de Castro, Porto Alegre)
Gestão
O político que deveria ser eleito presidente do Brasil é o governador do Espírito Santo, Paulo Hartung (PMDB). Ele corta as despesas desde que assumiu o governo. Há dois anos o funcionalismo não tem aumento. O Espírito Santo saiu de um déficit primário bilionário em 2013 e 2014 para um superávit em 2015. Hartung foi contra a renegociação da dívida dos estados com a União, porque "não adiantaria, já que o problema está nos gastos com a folha de pessoal e com os inativos". (Rafael Alberti Cesa, Caxias do Sul/RS)
Judiciário
O Senado aprovou projeto que reajusta os salários dos servidores do Judiciário em 41%, ao longo de quatro anos. A proposta segue para o presidente Michel Temer (PMDB), que deve sancioná-la. Temer explica que os projetos foram acordados e que os reajustes foram concedidos a todas as categorias de uma só vez. Esses recursos estão previstos no orçamento e os seus percentuais são razoáveis. Embora as categorias de servidores mereçam o reajuste salarial, pergunta-se a quem será aplicada a PEC 241 que congela as despesas do governo federal por até 20 anos? (Danilo Guedes Romeu, professor)
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Jorge 10/12/2016 11h39min
Gestão. Os atuais governadores de Santa Catarina e Espírito Santo poderiam formar parceria como presidente e vice e lançar candidatura para 2018.nPenso que seria uma ótima opção.nObrigado pela atenção e abraços a todos.n